Loading...
Lanternim

Project Description

Lanternim
5 (100%) 55 votes

Precisando de Lanternim? Faça um orçamento conosco sem compromisso, ou Ligue-nos clicando no botão abaixo!

Solicitar Orçamento
Ligue-nos

Lanternim Industrial – Galeria de Imagens

Em busca de Lanternim de Cobertura para sua obra? Nós da GM fornecemos, e também fazemos todo o processo para instalação de seu Lanternim Industrial. O nosso produto é composto de estrutura leve, super resistente e acabamento com material anti-corrosão garantindo a melhor qualidade e durabilidade para o seu empreendimento. Tem uma obra e não sabe qual o tipo de Lanternim de Ventilação é o mais indicado? Fique tranquilo(a), entre em contato conosco clicando no botão abaixo e teremos o maior prazer em ajudá-lo.

ENTRAR EM CONTATO
Lanternim Bravent
Lanternim de Gravidade Inotus
Lanternim Roberts
Lanternim Arquitetura
Lanternim de Cobertura

Lanternim Industrial

FAÇA O SEU PEDIDO AQUI

LIGAR

E-MAIL

FORMULÁRIO

WHATSAPP CHAT

Lanternim – Sobre

O Lanternim Industrial têm por objetivo a renovação do ar ambiente, abaixando a temperatura e diluindo a poluição (gases, vapores, poeira, outros) de fontes internas. Ele aproveita as correntes ascensionais de convecção do ambiente, provocadas pela diferença de temperatura entre o ar de entrada e o ar de saída, assim como a diferença de pressão piezométrica entre as cotas de entrada e de saída de ar.

Lanternim – Porque utilizar em Ambientes Construídos?

Por meio da exaustão é retirado do edifício o calor excessivo e o ar contaminado. Como não há consumo de energia elétrica, o Lanternim é o sistema de ventilação por gravidade mais econômico para as instalações industriais. A configuração do edifício, a localização das fontes de calor ou de contaminação do ar, condições climáticas, o grau de ocupação do pessoal no edifício, são alguns fatores determinantes para o projeto de instalação do Lanternim Industrial. Conforme a atividade industrial, todo o ar do edifício deverá ser renovado um número de vezes por hora (R/H), que é calculado mediante a diferença de temperatura (t1 – t2) (salto térmico) e a diferença das cotas de entrada e saída do ar (H1 – H2) (salto piezométrico). Com esses dados, determina-se o modelo do Lanternim, cujo caudal de extração (m3/H), deve atender a condição de renovação do ar ambiente (R/H), para as necessidades e condições do edifício.

Ventilador por Gravidade – A necessidade da ventilação

A ventilação natural regula o clima interno de uma edificação por meio de uma troca de ar controlada pelas aberturas. As forças motrizes naturais geram o efeito chaminé, que tem sua origem na diferença de temperatura entre o ar externo e o ar no interior do ambiente construído e pelas diferenças de pressão ocasionadas pela ação do vento. Uma circulação natural de ar adequada, dentro de um ambiente construído, além de auxiliar na diminuição do gradiente térmico, contribui para a renovação do ar interno (remoção dos poluentes do ar interno), que, dependendo do perfil de ocupação do ambiente, pode afetar a produtividade dos ocupantes além de ser prejudicial à saúde.

A velocidade de circulação do ar no interior da edificação e as temperaturas superficiais internas são variáveis que podem ser alteradas, por meio de estratégias arquitetônicas, sem emprego de equipamentos mecânicos, para se obter uma melhor condição de conforto aos ocupantes. Nesse sentido, uma ventilação adequada pelas coberturas através do lanternim pode ser uma alternativa eficiente. O emprego deles pode ser ainda mais importante quando se trata de galpões industriais e edificações comerciais com grandes coberturas e pé-direito elevado (grandes volumes de ar).

A ventilação natural permite projetos espaçosos e iluminados, redução significativa do custo energético da edificação e um clima interno agradável que é uma condição prévia para um bom rendimento do trabalho executado pelas pessoas no interior da edificação. Quando a ventilação natural pode ser uma estratégia suficiente para a obtenção de um ambiente interno confortável, recursos de projeto devem ser utilizados, como: ter cuidados na forma e orientação da edificação; projetar espaços fluidos; facilitar a ventilação vertical (lanternins industriais) e utilizar elementos para direcionar o fluxo de ar para o interior.

Ventilação combinada pelo efeito chaminé e pela ação do vento

Lanternim Industrial

A diferença de pressão que provoca a circulação do ar através das aberturas existentes na edificação, do exterior para o interior da edificação e vice-versa, é ocasionada pela diferença de peso entre colunas de ar de mesma altura, mas com temperaturas diferentes, Figura 1 (a). A posição das aberturas da ventilação natural determina a distribuição da temperatura no ambiente interno. Se as duas aberturas estiverem abertas, uma localizada na parte mais alta da edificação e a outra na parte mais baixa, o ar frio fluirá para o interior do edifício, através da abertura inferior, e o ar quente fluirá para o exterior da edificação, através da abertura superior, como mostrado na Figura 1 (b). Esse tipo de ventilação, chamado de ventilação de deslocamento, cria uma estratificação da temperatura dentro do ambiente.

Embora tenha um efeito muito mais forte para edificações com duas aberturas, uma superior e outra inferior, a ventilação de deslocamento pode também ocorrer em edifícios com uma única abertura, como mostrado na Figura 1 (c). Nesse caso, a abertura serve, tanto como uma entrada, quanto como uma saída de ar. Comparada com a configuração de duas aberturas, uma única abertura proporciona taxas de ventilação mais baixas e o ar ventilado não penetra a uma grande profundidade no espaço interno. Um fluxo de ar mais intenso será induzido quando houver uma grande separação vertical entre as aberturas de entrada e saída de ar e quando há uma grande diferença entre temperaturas internas e externas. A pressão interna mais elevada na abertura superior dirige o fluxo de ar para o exterior e a pressão interna mais baixa na abertura inferior facilita a entrada do ar exterior, que substitui o ar quente que saiu. Esse fluxo dirigido pelo empuxo térmico do lanternim é o conhecido efeito chaminé.

Lanternim Industrial Cobertura

Quando não há vento, o efeito chaminé torna-se o único responsável pela renovação do ar nas edificações e representa a situação mais simples da ventilação natural. Se há incidência de vento, essa ação deve ser conjugada ao efeito chaminé, de forma que essas ações se somem resultando numa ventilação natural mais eficiente. Para que isto ocorra, é fundamental que a configuração do fluxo de ar, no interior da edificação, originária da ação do vento, isoladamente, e o sentido do fluxo proveniente das diferenças de temperatura se somem. Quando não há a conjugação desses dois fenômenos, a oposição dos mesmos pode acarretar alguns inconvenientes, como pressões maiores devido ao vento nas aberturas superiores em relação àquelas provenientes do efeito chaminé, impedindo o escape de fumaça e poeiras geradas internamente conforme a Figura 2.

Lanternim – Duvidas?

Se restou qualquer dúvida sobre o tipo de instalação e qual o lanternim é o mais indicado para sua obra, fique tranquilo, nós da GM temos um canal de comunicação que poderá auxiliá-lo no esclarecimento dessas informações. Você pode entrar em contato a qualquer momento clicando no botão abaixo: 

ENTRAR EM CONTATO

A GM Venezianas Industriais agradece a sua visita!

Entrar em Contato

Precisando de algum dos nossos serviços? Entre em contato conosco! A equipe GM terá o maior prazer em ajudá-lo. Solicite seu orçamento sem compromisso.

NOME *
EMPRESA
SEU E-MAIL *
TELEFONE

ASSUNTO

MENSAGEM